Direto da Sacristia
×
×
$featured_img_url = get_the_post_thumbnail_url('full');

Resposta da FSSPX

Postado em 18 Abril 2012por E. Marçal

Do boletim da Sala de Imprensa da Santa Sé

 

COMUNICADO DA PONTIFÍCIA COMISSÃO “ECCLESIA DEI

Mons. Bernard Fellay, Superior Geral da Fraternidade São Pio X.
Respondeu ao Prêambulo e corre o risco de dissidência de 25% de seus confrades

[Na íntegra:] Em 17 de abril de 2012 foi recebido, tal como solicitado na reunião de 16 de março de 2012, realizada na sede da Congregação para a Doutrina da Fé, o texto da resposta de Sua Ex.cia Mons. Bernard Fellay, Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X. O texto acima será examinado pela Congregação e, em seguida, submetido ao julgamento do Santo Padre.

Desde a noite de ontem, a blogosfera vem anunciado, que segundo palavras do informadíssimo vaticanista Andrea Tornielli, do “Vatican Insider“, que a “Ecclesia Dei” recebeu de Mons. Fellay um parecer favorável ao Preâmbulo Doutrinal datado de janeiro passado, que versa sobre “alguns princípios doutrinais e critérios de interpretação da doutrina católica, necessários para garantir a fidelidade ao Magistério da Igreja e o ‘sentire cum Ecclesia’“.

Membros da Fraternidade Sacerdotal fazem sua peregrinação ao túmulo de Pedro
por ocasião do Jubileu do ano 2000 

É importante deixar claro, principalmente àqueles que nutrem um estranho ódio aos membros da Fraternidade (como se só fosse possível o arrependimento  e correção de seus erros a todos os outros católicos que se extraviaram em sua conduta), que o que é caro não é à regularização canônica da Fraternidade Sacerdotal São Pio apenas por ser a mesma Fraternidade; mas, o que sempre é caro à Igreja e o está sendo ao Papa desde o início de seu pontificado, é acabar com “as falhas na rede de Pedro”:

“Ai de mim, amado Senhor, agora ela rompeu-se!
Poderíamos dizer que sofremos. Mas não não devemos estar tristes!
Alegremo-nos pela tua promessa, que não desilude, e façamos o possível para percorrer o caminho rumo à unidade,
que tu prometeste. Façamos memória dela na oração ao Senhor, como pedintes:
sim, Senhor, recorda-te de tudo o que prometeste.
Faz com que sejam um só pastor e um só rebanho!
Não permitas que a tua rede se rompa e ajuda-nos a ser servos da unidade!”

(Bento XVI, homilia na Missa de início de seu ministério petrino,
Vatican, 24 de abril de 2005) 

Aguardemos. É provável que o parecer da Congregação só seja dado ao conhecimento público em meados de maio, na próxima reunião da “feria quarta” na primeira quinzena do mesmo mês.

Sugestões de artigos