Direto da Sacristia
×
×

Nomeações para o Brasil

Postado em 04 Maio 2011por E. Marçal

Do boletim da Sala de Imprensa da Santa Sé


Importantes nomeações episcopais para o Brasil


Hoje foram publicadas pela Santa Sé nomeações para cargos episcopais de grande importância para o Brasil. Tratam-se de um arcebispo (que se soma a outros 4 ultimamente nomeados e que receberão o pálio arquiepiscopal em junho próximo) e de auxiliares para três arquidioceses.

Todos eles são versados em Teologia Dogmática (três deles pela Pontifícia Universidade Gregoriana em Roma). Eis-los:


Renúncia do Arcebispo Metropolitano de Campo Grande
e nomeação do sucessor

O Santo Padre Bento XVI aceitou a renúncia ao governo pastoral da Arquidiocese de Campo Grande apresentada por S.E.R. Dom Vitório Pavanello, bispo professo da Congregação Salesiana, em conformidade com o cânon 401 § 1 do Código de Direito Canônico.


O Papa nomeou Arcebispo Metropolitano de Campo Grande S.E.R. Dom Dimas Lara Barbosa, até agora Bispo titular de Megalopoli in Proconsulare e Auxiliar de São Sebastião do Rio de Janeiro.

S.E.R. Dom Dimas Lara Barbosa nasceu em 01 abril 1956 em Boa Esperança, diocese de Campanha, no Estado de Minas Gerais. Frequentou os estudos filosóficos no Instituto de Filosofia São Bento, em São Paulo e os teológicos no Instituto de Teologia Sagrado Coração de Jesus, em Taubaté. Finalmente, conseguiu o doutorado em Teologia Dogmática na “Pontificia Università Gregoriana“.

Ordenado sacerdote em 03 dezembro 1988 para o clero de São José dos Campos; no curso do ministério sacerdotal foi Secretário do Instituto Nacional de Pastoral da Conferência Episcopal do Brasil e Secretário da Comissão Episcopal para a Doutrina da Fé.

Em junho de 2003 foi nomeado Bispo titular de Megalopoli in Proconsulare e Auxiliar de São Sebastião do Rio de Janeiro e sagrado em 02 de agosto sucessivo.

Atualmente está concluindo o quadriênio como Secretário-Geral da Conferência Episcopal brasileira (2007-2011).


Nomeação do Auxiliar de Belo Horizonte

O Santo Padre nomeou Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte o Rev.do Pe. Wilson Luís Angotti Filho, do clero da diocese de Jaboticabal, até agora Assessor da Comissão para a Doutrina da Fé da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil em Brasília, concedendo-lhe a sede titular episcopal de Tabe.


O Rev.do Pe. Wilson Angotti nasceu em 05 abril 1958 na cidade de Taquaratinga, Estado de São Paulo, na diocese de Jaboticabal. Ingressou no Seminário da diocese de São Carlos onde completou os estudos filosóficos (1976-1978). Completou os estudos teológicos no Centro de Estudos Teológicos da Arquidicese de Ribeirão Preto, afiliado à Pontifícia Faculdade de Teologia “Nossa Senhora da Assunção” de São Paulo (1978-1982). Obteve, depois, a Licença em Teologia Dogmática na Pontificia Università Gregoriana em Roma (1987-1988) e a Licença em Filosofia na Universidade Sagrado Coração de Jesus em Bauru (1998).

Recebeu a ordenação sacerdotal em 19 dezembro 1982 e foi incardinado no clero da diocese de Jaboticabal, onde, entre outros cargos, Membro do Conselho Presbiteral (1992-1997) e do Colégio de Consultores (2004-2007).

Desde 2007 é Assessor da Comissão para a Doutrina da Fé da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil em Brasília; desde 2008 é Professor de Teologia Dogmática na Faculdade Teológica da Arquidiocese de Brasília.


Nomeação de Auxiliar de São Paulo

O Papa nomeou Bispo Auxiliar da Arquidiocese de São Paulo o Rev.do Pe. Júlio Endi Akamine, sacerdote professo e Superior Provincial da Província “São Paulo”da Sociedade do Apostolado Católico (Palotinos), concedendo-lhe a sede titular episcopal de Tagamuta.


O Rev.do Pe. Júlio Akamine nasceu em 20 novembro 1962 em Garça, diocese de Marília, Estado de São Paulo. Ingresso no Seminário da Sociedade do Apostolado Católico (Palotinos) em Londrina (Paraná), onde completou os estudos elementares e secundários no Seminário “São Vicente Pallotti”. Emitiu a profissão religiosa em 08 dezembro 1980.

Completou os estudos filosóficos e teológicos no “Studium Teologicum Claretianum” na Arquidiocese de Curitiba. Recebeu a ordenação sacerdotal em 24 janeiro 1988. Obteve, depois, a Licença (1999-2005) e a Láurea (2002-2005) em Teologia Dogmática na Pontificia Università Gregoriana em Roma.

Desde 2008 é Superior Provincial da Província Palotina “São Paulo” com sede na Arquidiocese homônima.


Nomeação do Auxiliar de Vitória

O Santo Padre nomeou Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Vitória (Espírito Santo) o Rev.do Pe. José Aparecido Hergesse, sacerdote professo da Ordem dos Clérigos Regulares (Teatinos) e até agora Procurador-Geral da mesma Ordem em Roma.

O Rev.do Pe. José Hergesse nasceu em 15 julho 1957 em Paranapanema, na diocese de Itapetininga, no Estado de São Paulo. Depois dos estudos preparatórios, ingressou na Ordem dos Teatinos na qual emitiu a Profissão Religiosa em 07 maio 1983. Completou os estudos de Filosofia na Faculdade Filosófica do Mosteiro de São Bento em São Paulo e os teológicos, na Pontificia Università Gregoriana em Roma.

Recebeu a ordenação sacerdotal em 26 janeiro 1985. Obteve, depois, a Licença em Teológia Dogmática na Pontifícia Faculdade Teológica Nossa Senhora da Assunção na Arquidiocese de São Paulo e a Licença em Teologia Bíblica na Pontificia Università Gregoriana em Roma.

Como religioso teatino foi, entre outros cargos, Vigário-Geral da diocese de Itapeva (2001-2007), Provincial dos Padres Teatinos no Brasil (2001-2004) e Professor de Teologia Bíblica e Diretor espiritual do Seminário da Arquidiocese de Sorocaba (2007-2009).

Desde 2010 é também Procurador-Geral da Ordem dos Teatinos na Santa Sé.

Sugestões de artigos