Direto da Sacristia
×
×

Bento XVI ganha uma tiara papal

Postado em 26 Maio 2011por E. Marçal


Fotos do Orbis Catholicus Secundus

O empresário Dieter Philippi apresenta o seu presente

Ontem, durante os tradicionais cumprimentos ao Santo Padre ao fim da audiência-geral, uma feliz surpresa abateu-se sobre aqueles que dão o devido valor à tradição papal e não a relativizam segundo conceitos socio-teológicos: um empresário alemão encomendou a artesãos ortodoxos búlgaros uma tiara papal, provavelmente segundo as medidas de Bento XVI. O mesmo aconteceu a João Paulo II, que também foi presenteado com uma, mas nunca a usou, a não ser em seu brasão desde o início do pontificado.

O ousado presente

Ao fim da missa da coroação papal, hoje dada lugar à simples entronização do Pontífice, o papa recebe sentado do Cardeal Protodiácono a tiara papal, que diz o seguinte, onde é explicado o significado da tríplice coroa:

Coroação papal de Pio XII
em 12 março 1939

Recebei a tiara, ornada de três coroas,
e sabei que sois Pai de Príncipes e Reis,
pastor de toda a terra e Vigário do Salvador,
nosso Senhor Jesus Cristo,
a quem é dada toda honra por todos os séculos dos séculos.
Amém.


Observem o semblante de Bento XVI

É notória a atenção com que Bento XVI trata o triregnum, basta ver que ele a inseriu novamente em seu brasão pessoal. Mais importante do que um dia o Papa resolver voltar a usar a tiara, é o fato de que o triregnum presenteado foi feito por ortodoxos, como que reconhecendo o primado petrino que o Cisma do Oriente rejeitou. Todavia, Bento XVI já dispõe de uma coroa que lhe é própria, caso algum dia queira usá-la – e isso será maior do que qualquer argumento dito teológico que diria que o Papa não deve mais usar coroa alguma, pois ainda a monarquia subsiste no Vaticano. Mesmo sabendo que Bento XVI é um homem que usa muita diplomacia – mas nada que contrarie o bom governo da Igreja, e sem renunciar à sua função – e acreditando que talvez a volta do uso da tiara aconteça tão cedo (basta ver o que alguns ameaçam fazer se ele rezar publicamente a missa antiga), rezemos para que aconteça na Igreja aquilo que o Senhor desejar, mesmo que aparentemente a alguns não pareça tão importante, e que dispersem-se os inimigos de Sua grei.

Sugestões de artigos