Direto da Sacristia
×
×

Altar onde será venerado João Paulo II

Postado em 26 Janeiro 2011por E. Marçal

Com informações de Carlos Donato, diretamente de Roma.

Fotos do altar na Basílica Vaticana

 

Com a proximidade da cerimônia de beatificação de João Paulo II, estima-se que 2 milhões de pessoas façam-se presentes. A Casa Pontifícia crê que a Praça de São Pedro não será capaz de conter todos os fiéis que virão à Santa Missa, pois, se no funeral os fiéis estavam atrás do Castel Santangelo, ou seja, fora dos confins vaticanos, imagina-se que para a beatificação a assembleia seja muito maior. O Ofício das Celebrações Pontifícias do Sumo Pontífice diz impossível a cerimônia no território da Cidade do Vaticano, e cogita em dois locais na cidade de Roma: o Estádio Olímpico ou na Universidade Tor Vergata, contudo, são assuntos a serem decididos em breve. Também pensa-se em oficiar uma vigília com o Papa Bento XVI. No fim-de-semana da beatificação, as passagens para voos com destino Roma já encontram-se esgotadas.

Altar da Transfiguração do Senhor
onde estará o corpo do Beato Inocêncio XI

Na Basílica Vaticana de São Pedro, começam a preparar-se aos acontecimentos próximos com o traslado da urna contendo o corpo do Beato Inocêncio XI para o altar da Transfiguração, pois em seu lugar na capela de São Sebastião será colocado o ataúde contendo os restos mortais do futuro beato. Ele não será aberto, dado o curto tempo transcorrido entre a morte e a beatificação. A visita ao túmulo nas Grutas Vaticanas redobrou depois da notícia do reconhecimento do milagre, como também o número de bilhetes e mensagens deixadas diante do mármore branco que encerra o túmulo de João Paulo II.

Altar de São Sebastião
onde será venerado o futuro Beato


Com tanta agitação, dedicação e afluência de povo ao túmulo do futuro beato, cogita-se que o chamarão João Paulo Magno, por seus feitos eclesiásticos: canonizações, beatificações, anos santos jubilares, encíclicas, exortações apostólicas, motu proprio e tantos atos ordinários e extraordinários no seu magistério petrino. Rezemos também nós a ele, sob cujo pontificado somos nascidos e vivemos a experiência eclesial de sermos filhos da Igreja de Cristo, onde em todos os tempos resplandece a santidade de seus membros, fruto da santidade de Cristo com a qual a Igreja é chamada a iluminar o mundo.

Sugestões de artigos