Direto da Sacristia
×
×
$featured_img_url = get_the_post_thumbnail_url('full');

Morre o Cardeal Ignace Moussa

Postado em 07 Abril 2012por E. Marçal

Uma de suas últimas aparições públicas

Faleceu nesta manhã em Roma, o Em.mo Cardeal Ignace Moussa I Daoud, Prefeito emérito da Congregação para as Igrejas Orientais e Patriarca emérito de Antioquia dos Sírios, aos 81 anos.

O venerando Cardeal paramentado segundo as rubricas litúrgicas siríacas,
que muito lembram os ritos romano e maronita.
Ao seu lado esquerdo, o atual Cardeal romeno Lucian Mureşan  

Foi ordenado presbítero em 1954. Em 1997, o Sínodo da Igreja Católica Siríaca o elegeu como Bispo do Cairo (Egito); a eleição foi confirmada pelo Papa João Paulo II, que lhe concedeu a comunhão hierárquica, necessária entre as Igrejas Orientais para a validade do cargo episcopal. Recebeu a sagração episcopal no mesmo ano, sendo o sagrante principal Sua Beatitude Ignace Antoine II Hayek, então Patriarca de Antioquia, e co-sagrantes Joseph Jacob Abiad, então Arcebispo de Homs, e o Arcebispo (título ad personam) Flavien Zacharie Melki, então Auxiliar do Patriarcado antioqueno.

Em 1994, o mesmo Sínodo o elegeu Arcebispo de Homs, na Síria, e o foi confirmado pelo mesmo Papa.

Em 1998, foi eleito Patriarca de Antioquia, no Líbano, e recebeu a confirmação e a comunhão hierárquica uma semana depois.

Consistório para a criação de novos Cardeais 21 fevereiro 2001 

No fim do ano 2000, foi nomeado Prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais, mesmo sem ainda ser cardeal. Apresentou sua renúncia ao governo pastoral do Patriarcado antioqueno em 2001, quando foi criado Cardeal-bispo, uma vez que ainda era Patriarca oriental quando de sua nomeação cardinalícia. Participou do último conclave em 2005. Ao cargo de Prefeito para a Igrejas Orientais, renunciou em 2007, mas continuou residindo em Roma.

Em telegrama enviado hoje ao atual Patriarca de Antioquia dos Sírios, Sua Beatitude Ignace Youssif III Younan, o Papa Bento XVI se referiu ao Cardeal Moussa como “pastor fiel que se dedicou com fé e generosidade para servir o povo de Deus”. Enviou, inclusive, sua Bênção Apostólica “aos Bispos, sacerdotes e fiéis do mesmo Patriarcado” com sede em Beirut, “aos membros da família do falecido e a todas as pessoas que vão participar na esperança da liturgia fúnebre”.

As suas exéquias serão oficiadas na Basílica de São Pedro, no Altar da Cátedra, na terça-feira (dia 10), às 17h.

Sugestões de artigos