Direto da Sacristia
×
×

Papa celebrará Cinzas em Santa Sabina

Postado em 08 Março 2011por E. Marçal
Missa será iniciada com procissão

Claustro beneditino de Santo Anselmo all´Aventino


Amanhã, conforme a tradição, o Santo Padre presidirá à Estação quaresmal, iniciada na Basílica Menor de Santo Anselmo all´Aventino, com destino à Basílica Menor de Santa Sabina. O costume da missa “estacional” remonta ao século VII-VIII, quando o Papa celebrava a missa com os presbíteros da cidade de Roma em uma das 43 basílicas estacionais da Urbi. Ainda hoje, no Missal Romano da forma extraordinária da Santa Missa, é possível ver, abaixo do título de cada missa, a “estação” (lugar) que o Papa celebrava. Ao chegar a Santo Anselmo all´Aventino, Bento XVI será recebido por seu Vigário para a cidade Roma, cardeal Agostino Vallini. Posteriormente, será conduzido pelo Rev.do Abade Notker Wolf, Primaz dos Beneditinos, ao interior da Basílica, onde se terá um pouco em oração diante do Santíssimo Sacramento. Após a oração inicial, às 16h30 (de Roma), será iniciada a procissão penitencial até Santa Sabina, com a Ladainha de Todos os Santos e cânticos penitenciais. É comum a presença, tanto na procissão, quanto na missa, de cardeais e demais bispos presentes em Roma que, contudo, não concelebram. Não obstante, dois cardeais-diáconos acompanham o Papa revestidos de dalmática e mitra.

Bento XVI ao centro
acompanhado do cardeal Agostino Vallini
e do Rev.do Abade Notker Wolf
17.fevereiro.2011

O Santo Padre, com a veste coral pontifícia,
toma parte na procissão penitencial
acompanhado de cardeais e bispos da Cúria Romana,
de sacerdotes ,dos monges beneditinos de Santo Anselmo,
dos monges dominicanos de Santa Sabina e de alguns fiéis
17.fevereiro.2011

Incensação no ofertório da Missa
17.fevereiro.2011

Ao ingresso na igreja de Santa Sabina, às 17h (de Roma), esperam-se alguns instantes enquanto o Santo Padre reveste-se dos paramentos pontificais para a celebração da Santa Missa. Após a incensação do altar, reza-se imediatamente a oração coleta, visto que a Missa iniciou-se antes da procissão penitencial.

Igreja-basílica de Santa Sabina
centro da Ordem Dominicana em Roma desde do ano 1219
quando o Papa Honório III a doou a São Domingos de Gusmão


Segundo o costume, o cardeal titular de Santa Sabina é quem impõe as cinzas ao Santo Padre.

O Em.mo Cardeal Josef Tomko,
Presidente emérito do Pontíficio Conselho para os Congressos Eucarísticos Internacionais
e cardeal-presbítero de Santa Sabina,
impõe cinzas ao Papa

Bento XVI impõe cinzas a um monge dominicano

Sugestões de artigos