Direto da Sacristia
×
×

O Senhor entra na Cidade Santa

Postado em 17 Abril 2011por E. Marçal

Segundo o hoje da Sagrada Liturgia, nosso Senhor ingressou em Sua cidade Jerusalém, para nela sofrer a Paixão e nela redimir a natureza humana. É ela precisamente a cidade do Messias e onde deve manifestar-se o Reino de Deus.

Os judeus, inquietos por uma esperança de verem-se livres do jugo dos romanos, interpretam no ingresso solene de Cristo o cumprimento de seus anseios, e por isso, O saúdam com gritos de “salve”, ou “ave” em latim, aclamação também feita ao imperador pelos romanos. Qual não foi o escândalo quando, entre o júbilo, os judeus contemplam o Senhor manso e humilde montado em um burrico, usado pelos servos nos seus duros trabalhos, e não em um majestoso cavalo de guerra – assim seria se Seu reinado fosse humano e político. Israel não suporta e, novamente, permite que o véu da cegueira cubra o seu coração e não enxerga o seu Salvador. Contudo, se hoje seguimos em procissão o Redentor, não O neguemos no Calvário, quando O veremos pregado em Seu verdadeiro trono e Sua fronte sangrando, não por causa do peso de ouro e de pedras preciosas, mas pelos espinhos cravados. Se não O seguimos até o Gólgota, a Liturgia será reduzida a um teatro, segundo as palavras de S.E.R. Dom Henrique Soares, Auxiliar da Arquidiocese de Aracaju.

Sugestões de artigos