Warning: preg_grep(): Compilation failed: nothing to repeat at offset 1 in /home/diretoda/public_html/home/wp-content/plugins/xlanguage/xlanguage.php on line 634

Warning: array_shift() expects parameter 1 to be array, boolean given in /home/diretoda/public_html/home/wp-content/plugins/xlanguage/xlanguage.php on line 637

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/diretoda/public_html/home/wp-content/plugins/xlanguage/xlanguage.php:634) in /home/diretoda/public_html/home/wp-content/plugins/xlanguage/xlanguage.php on line 243
Papa Francisco | Direto da Sacristia

Tag Archive | "Papa Francisco"

E veio a férula de Paulo VI

Tags: , , , , , , ,

E veio a férula de Paulo VI

Postado em 14 abril 2013 por E. Marçal

Pope Paul Vi Between 1975 -1978

O que conhecemos como “férula de Paulo VI” é, na verdade, o terceiro e último modelo da insígnia usado por ele:
Não temos data da primeira foto. A segunda é novembro 1970, em Missa na Catedral de Sydney.
A terceira é no Domingo de Ramos de 1974

No artigo anterior sobre a férula papal, vimos a sua origem e razão e a restrição de seu uso que com o passar do tempo começou a existir. Numa foto, é possível ver João XXIII usando a férula na bênção final da Missa de abertura do Concílio Vaticano II – eram as primícias da restauração do uso integral da férula, com as mesmas cerimônias do báculo episcopal, que atingiu a plenitude com Paulo VI. Ainda na missa de sua coroação pontifícia, em 30 junho 1963, a insígnia não foi usada como o seria a partir de 08 dezembro 1965, encerramento do Concílio Vaticano II, quando pela primeira vez Paulo VI usou a férula desenhada e fundida pelo escultor napolitano Lello Scorzelli. O novo desenho, em prata, apresenta o Cristo numa cruz de braços encurvados, lembrando o báculo dos bispos orientais, e em superfície fosca.

João Paulo II pluvial férula 3 barras abertura Ano Redenção 25 março 1983

João Paulo II com a milenar férulas de 3 barras, conhecida por “hierofante”, do grego, “o alto demonstrador da sacralidade”
O número de barras tem a ver com o triregnum:
indicador do poder temporal, da plenitude do poder eclesiástico e jurisdição sobre a Igreja universal
Na foto, abertura da Porta Santa por ocasião do Ano da Redenção de 1983

João Paulo I não quis ser coroado, como o foi Paulo VI, mas adotou a mesma férula. João Paulo II fez o mesmo. Contudo, por razões desconhecidas dada a raridade do fato, na abertura da Porta Santa do Ano da Redenção em 25 março 1983, ele usou a milenar férula de três barras. Mas, foi a única vez que vimos um Papa usando esse modelo de férula. Bento XVI ainda fez uso da férula de Paulo VI nos 3 primeiros anos de seu pontificado; no Domingo de Ramos de 2008, a trocou pela de Pio IX, lhe presenteada em 1877 pelo Círculo de São Pedro por ocasião do 50º aniversário de sua sagração episcopal. Na celebração das Primeiras Vésperas do Advento de 2009, 28 novembro, Bento XVI começou a usar uma férula feita para ele e doada pelo mesmo Círculo de São Pedro, dourada, similar à de Pio IX.

Portrait of Pope Paul VI

Sabe-se que nos tempos de João Paulo II, existiam 3 férulas no modelo de Paulo VI – uma que era a original e outras 2 feitas ao longo do pontificado do papa polonês, em pesos menores devido a sua debilidade física. Portanto, é uma dessas 3 conhecidas que o Papa Francisco tem usado desde 07 abril 2013, quando na Missa de posse da Cátedra Romana, abandonou a férula de Bento XVI.

São Silvestre I

Papa Silvestre I representado com a férula de três barras

Comentários (0)